Última hora

Última hora

Roubo em Auschwitz foi por dinheiro

Em leitura:

Roubo em Auschwitz foi por dinheiro

Tamanho do texto Aa Aa

Recuperada a inscrição “o trabalho liberta”, símbolo do campo de concentração de Auschwitz, as autoridades continuam a investigação para determinar as causas do roubo.

A placa foi roubada a semana passada. Os cinco presumíveis autores foram detidos no domingo à noite pela polícia polaca e a inscrição encontrada divida em três pedaços. Os homens, que têm já cadastro, não pertencem a qualquer grupo neonazi.

As autoridades têm razões para acreditar que o roubo foi encomendado por um cidadão estrangeiro, possivelmente um coleccionador sueco.

Os detidos arriscam-se agora a uma pena de prisão de 10 anos, por roubo e degradação de uma peça pertencente ao património mundial da UNESCO.

O roubo do sinal da entrada do campo de extermínio nazi provocou o medo entre a comunidade judaica de que o crime tivesse sido cometido por razões políticas ou ideológicas.

A placa deve agora voltar a casa antes de 27 de Janeiro, dia em que se celebram os 65 anos da libertação de Auschwitz, onde mais de um milhão de judeus foram exterminados.