Última hora

Última hora

UE está decepcionada com Copenhaga mas mantém política climática

Em leitura:

UE está decepcionada com Copenhaga mas mantém política climática

Tamanho do texto Aa Aa

Qual será a política ambiental da União Europeia após o fracasso da cimeira de Copenhaga? No rescaldo, os Vinte e Sete mostram-se decepcionados, mas as convicções mantém-se.

A União está determinada a continuar a ser a locomotiva do comboio climático para conseguir compromissos mais ambiciosos e vinculativos, segundo o secretário de Estado português do Ambiente, Humberto Rosa.

Os ministros europeus do Ambiente estiveram reunidos esta terça-feira, em Bruxelas, sob a égide de Andreas Carlgren. O ministro sueco do sector defendeu que pretendia debater duas questões, “como continuar e como é que se pode avançar realmente, mas também elaborar possíveis caminhos alternativos para trabalhar agora”. “Foi um grande fracasso e temos de tirar lições”, disse.

Nesta reunião voltou a surgir a proposta de impor uma “taxa carbónica” à entrada das fronteiras da União para produtos de países que bloqueiem um futuro compromisso. Mas a ideia divide os Vinte e Sete.

A União acusa a China e os Estados Unidos do fracasso de Copenhaga, mas mantém a proposta de redução das emissões poluentes no mínimo de 20% até 2020 face aos níveis de 1990.