Última hora

Última hora

Lei Obama aprovada quinta-feira

Em leitura:

Lei Obama aprovada quinta-feira

Tamanho do texto Aa Aa

A reforma para a universalização dos cuidados de saúde, nos Estados Unidos, deve ser aprovada, na quinta-feira, pelo Senado. Há a expectativa de voto favorável de todos os senadores democratas, a quem Barack Obama continua a enviar sinais.
 
SDe isso se concretizar, a lei será promulgada de imediato. Constitui um avanço enorme, que vai marcar a presidência de Obama.
  
“Eu não vou descansar, enquanto os meus amigos no Senado não concluírem o seu trabalho. Se eles fizerem esse sacrifício para dar cuidados de saúde a todos os americanos, o mínimo que eu posso fazer é estimulá-los e dara-lhes alguma ajuda de última hora, se for necessário”.
 
Desde a presidência de Theodoro Roosevelt que vários presidentes tentaram alargar os cuidados de saúde a toda a população. Mas essas intenções foram sempre chumbadas, no Senado.
 
Além dos 58 votos de senadores democratas, a lei deve receber a aprovação de dois independentes, prefazendo os 6o votos necessários, num hemiciclo com 100 representantes.