Última hora

Última hora

Nova onda de protestos no Irão

Em leitura:

Nova onda de protestos no Irão

Tamanho do texto Aa Aa

As manifestações continuam a agitar o Irão, esta quarta-feira, dois dias depois do funeral do clérigo dissidente Aiatola Ali Montazeri.

Não foi permitido aos meios de comunicação internacional estarem presentes nos protestos, mas membros da oposição colocaram imagens na internet.

Segundo um site reformista, as forças de segurança iranianas dispersaram os manifestantes com gás lacrimogéneo e pedras na cidade de Isfahan. Várias pessoas, incluindo mulheres e crianças terão ficado feridas e 50 terão sido detidas.

Os protestos começaram em Qom, na segunda-feira, depois do funeral do Aiatola Montazeri e espalharam-se pelas cidades de Isfahan e Najafabad.

O clérigo dissidente, pai da revolução islâmica de 1979 e guia espiritual da oposição iraniana, morreu no passado sábado aos 87 anos, em Qom, a cidade sagrada dos xiitas.

Uma nova escalada de violência que acontece seis meses depois das contestadas eleições que reelegeram Mahmoud Ahmadinejad.

Apoiantes do regime juntaram-se esta quarta-feira numa manifestação pró-governo em Qom.