Última hora

Última hora

Setença de Xiabo no dia de Natal

Em leitura:

Setença de Xiabo no dia de Natal

Tamanho do texto Aa Aa

O dissidente chinês Liu Xiabo vai conhecer o seu destino, no dia de Natal, disse o seu advogado aos jornalistas, em Pequin. Liu Xiabo foi preso e processado por subversão, depois da publicação de um texto, apelando à democratização do regime.

A audiência efectuou-se esta quarta-feira e demorou apenas duas horas e meia. A União Europeia e os Estados Unidos mantêm a pressão política, sobre o regime, até agora, sem resultados.

“Estivemos em contacto com o governo da China e pedimos que o libertasse imediatamente e que respeitasse os direitos de todos os cidadãos chineses, para que possam expressar pacificamente os seus pontos de vista políticos, que respeite os direitos e liberdades universalmente reconhecidos, incluindo o direito de petição ao governo” – esta foi a posição defendida pelo encarregado dos assuntos políticos, da Embaixada norte Americana em Pequim.

À porta do tribunal onde decorreu a audiência, a polícia controlou os jornalistas e alguns cidadãos, apreendendo cartazes que contestavam o processo.

Liu Xiabo foi preso pela primeira vez, durante as manifestações de Tieananmen, em 89.