Última hora

Última hora

Arresto

Em leitura:

Arresto

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia lançou uma ofensiva contra os nacionalistas curdos – 31 pessoas foram presas esta quinta-feira, por suspeita de pertencerem ao Partido dos Trabalhadores do Kurdistão.

A acção espalhou-se por oito municípios, mas teve o epicentro na ciddade de Diyarbakir.

De acordo com a polícia, os suspeitos misturavam a sua qualidade de militantes do principal partido separatista curdo, com a de membros de diversas ONGs e ainda do Partido para uma Sociedade Democrática (PSD).

Esta força turca foi recentemete ilegalizada, por suspeita de colaboração com os separatistas curdos.

Mas surgiu, entretanto, o novo Partido da Paz e Democracia. A polícia diz que se trata apenas de uma capa, para esconder o ilegalizado PSD.