Última hora

Última hora

Dissidente chinês condenado

Em leitura:

Dissidente chinês condenado

Tamanho do texto Aa Aa

Ignorando os apelos internacionais a China condenou um dos dissidentes políticos mais conhecidos do país, a onze anos de cadeia.

Liu Xiaobo, de 53 anos foi acusado de actividade subvsersivas contra o governo.

Escritor e ex-professor universitário, estava preso desde 2008, quando foi detido sob a acusação de ter difundido um documento onde pedia mais liberdades e reformas democráticas na China, além do fim do regime comunista de partido único.
A União Europeia, os Estados Unidos e grupos de direitos humanos denunciaram o processo.
Diplomatas de países do Ocidente e jornalistas estrangeiros não puderam entrar na sala do julgamento.
Liu critica o regime desde os protestos democráticos dos estudantes, em Junho de 1989.

.