Última hora

Última hora

Medo e apatia dominam legislativas uzbeques

Em leitura:

Medo e apatia dominam legislativas uzbeques

Tamanho do texto Aa Aa

As legislativas deste Domingo no Uzbequistão ficam marcadas pelo medo e pela apatia.

A esmagadora maioria dos eleitores deslocou-se às urnas mas o resultado do escrutínio reserva poucas surpresas.

Os aliados do presidente deverão arrecadar todos os assentos parlamentares.

O presidente Islam Karimov está no poder há vinte anos e não há oposição. Os militantes pró-democracia estão no exílio ou na prisão.

O país mais habitado da Ásia Central não cumpre os critérios dos observadores internacionais.

Mas a ex-república soviética é um corredor de passagem para as tropas norte-americanas no Afeganistão.

Washington deseja ainda que o regime autorize a reabertura das bases militares norte-americanas encerradas em 2006.

Em Outubro, a União Europeia suspendeu as sanções à ex-republica soviética por considerar que houve progressos no capítulo dos direitos humanos.