Última hora

Última hora

Social-democrata e dissidente vão disputar segunda volta das presidenciais croatas

Em leitura:

Social-democrata e dissidente vão disputar segunda volta das presidenciais croatas

Tamanho do texto Aa Aa

O candidato da oposição social-democrata Ivo Josipovic triunfou nas presidenciais deste domingo na Croácia, mas não evitou uma segunda volta. O jurista e músico de 52 anos recolheu cerca de 32 por cento dos votos.

Apesar das críticas de falta de experiência política, Josipovic é visto pelos analistas como uma personalidade isenta da corrupção que manchou os mais altos níveis da elite empresarial e administrativa.

A falta de uma maioria absoluta coloca o candidato do SDP frente-a-frente com um dissidente do partido, Milan Bandic. O popular presidente da Câmara de Zagreb foi o segundo mais votado, com cerca de 15 por cento dos boletins.

A segunda volta será a 10 de Janeiro e o favoritismo recai novamente sobre Josipovic.

O próximo presidente terá como missão concluir as negociações de entrada na União Europeia com vista a uma adesão até 2012.

O chefe de Estado Stjepan Mesic deixa o cargo depois de dez anos à frente do país, durante os quais assegurou a entrada da Croácia na NATO, já que a Constituição estipula um limite de dois mandatos presidenciais consecutivos.