Última hora

Última hora

Ahmadinejad aponta dedo a Israel e Estados Unidos

Em leitura:

Ahmadinejad aponta dedo a Israel e Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad acusou os Estados Unidos e Israel de estarem por detrás dos violentos protestos de domingo no Irão.

“Foram eventos nauseabundos em que americanos e sionistas patrocinaram e venderam uma brincadeira a uma única audiência”, declarou o chefe de Estado.

Nas manifestações contra o regime iraniano e de acordo com a polícia, mais de 500 pessoas foram detidas em Teerão. Segundo a mesma fonte, que afirmou ter terminado o período de tolerância, 300 manifestantes ainda estão presos.

A oposição refere ter havido inúmeras detenções noutras cidades.

Um dia depois de uma manifestação a favor do regime islâmico, a televisão pública anunciou uma mobilização maciça em todo o país a favor do poder.

Foi também anunciado que durante os desfiles desta quarta-feira serão recolhidas mais de um milhão de assinaturas com o objectivo de condenar os instigadores da revolta popular.