Última hora

Última hora

Taliban reivindicam ataque suicida

Em leitura:

Taliban reivindicam ataque suicida

Tamanho do texto Aa Aa

Um oficial do exército afegão fez-se explodir numa base militar norte-americana na província de Khost, no leste do Afeganistão.

O ataque causou a morte a oito norte-americanos. Washington confirmou que as vítimas eram agentes da CIA.

A base na província de Khost fica a pouca distância da fronteira com o Paquistão.

Quatro militares e uma jornalista canadianos perderam igualmente a vida quando o veículo blindado em que seguiam foi atingido por uma bomba.

Entre as vítimas conta-se a jornalista Michelle Lang que trabalhava para o jornal Calgary Herald.

Falando sobre a jornalista, o editor do jornal afirma que Michelle era um exemplo para todos. Era uma pessoa especial porque tornava as coisas especiais, disse ele.

A jornalista estava há pouco tempo no Afeganistão. A patrulha em que seguia ia visitar projectos comunitários de reconstrução financiados pelo governo canadiano.

O ataque eleva o número de mortos canadianos no Afeganistão para 138. Tratou-se da pior perda de vidas num só dia para o contingente canadiano nos últimos dois anos e meio.