Última hora

Última hora

Rússia estabelece preço mínimo para a vodka

Em leitura:

Rússia estabelece preço mínimo para a vodka

Tamanho do texto Aa Aa

Para combater o alcoolismo e a fabricação clandestina de vodka, o Governo russo estabeleceu um preço mínimo para a bebida nacional.

A partir desta sexta-feira, o preço da garrafa mais barata de vodka duplicou, custando agora cerca de dois euros.

Os produtores de bebidas alcoólicas dizem que a medida não é suficiente para regular um mercado, onde metade das bebidas serão produzidas de maneira ilegal.

“Aqueles que antes bebiam boa vodka vão continuar a beber boa vodka. Aqueles que se envenenavam, também vão continuar a fazê-lo. É apenas uma medida promocional. Nada mais”, afirmou Tatyana, uma residente de Moscovo.

“As pessoas bebiam e vão continuar a fazê-lo, independentemente do preço. O facto é que, infelizmente, a vodka barata torna-se agora mais cara”, disse outro cidadão russo chamado Vladislav.

Na Rússia, morrem 40 mil pessoas por ano devido a intoxicação etílica. Grande parte por ingestão de bebidas fabricadas de maneira ilegal.