Última hora

Última hora

Jornalistas franceses raptados no Afeganistão estão de "boa Saúde"

Em leitura:

Jornalistas franceses raptados no Afeganistão estão de "boa Saúde"

Tamanho do texto Aa Aa

“Estão, a priori, vivos e de boa saúde” os dois jornalistas franceses raptados, quarta-feira, no Afeganistão. Quem o diz é Paul Nahon , director de informação da televisão France3 que, desconhece, contudo, o paradeiro exacto dos dois homens.

Os dois jornalistas, e os seus acompanhantes afegãos, foram raptados na província de Kapisa, ao nordeste de Cabul. Paul Nahon confirma: “Os nossos camaradas estão bem-tratados, de boa saúde e, sobretudo, vivos. Estas são as primeiras notícias, em 48 horas, que nos tranquilizam um pouco e nos permitem algum optimismo. Quanto aos raptores, se são talibãs, se têm motivos políticos, se são bandidos das estradas que os raptaram para os revender aos talibãs ou o contrário… não sabemos nada!”

Os dois jornalistas saíram, na quarta-feira, de Cabul, para se encontrarem com uma fonte. Aparentemente, terão sido traídos pela mesma fonte, acabando por cair numa emboscada.