Última hora

Última hora

Violência no Paquistão multiplica críticas ao Governo

Em leitura:

Violência no Paquistão multiplica críticas ao Governo

Tamanho do texto Aa Aa

Foi o terceiro pior atentado cometido no Paquistão, o que esta sexta-feira matou mais de 90 pessoas durante um jogo de voleibol.

No terreno prosseguem as buscas entre escombros dos edifícios derrubados, na tentativa de encontrar mais corpos.

Embora ainda não tenha sido reivindicado, o ataque tem a marca dos atentados precedentes atribuídos a militantes talibãs com ligações à Al-Qaeda

Um suicida fez-se explodir numa viatura armadilhada no recinto onde decorria a partida em Shah Hasan Khan, uma localidade vizinha das zonas tribais junto à fronteira afegã.

Este atentado vai reforçar as críticas às autoridades paquistanesa que se debatem com crescentes dificuldades para conter o terrorismo.

“Não estamos satisfeitos com a actuação do Governo. Ainda não veio aqui ninguém para nos ajudar. Exigimos que o Governo se ocupe das pessoas afectadas e as ajudem a reconstruir as suas casas”, disse um dos sobreviventes hospitalizados.

A onda de violência que tem assolado o Paquistão nos últimos meses já fez mais de 750 vítimas mortais.

A deterioração das condições de segurança levou a ONU a retirar parte do pessoal que trabalhava no país.