Última hora

Última hora

Começou o julgamento do suspeito do massacre

Em leitura:

Começou o julgamento do suspeito do massacre

Tamanho do texto Aa Aa

Nas Filipinas, o principal suspeito da morte de 57 pessoas a 23 de Novembro declarou-se “não culpado” perante um tribunal especial.

Oficialmente acusado de 25 mortes e de ter dirigido o massacre, Andal Ampatuan Jr., filho de um governador da ilha de Mindanau compareceu num tribunal especial de polícia em Manila.

O juiz adiou a sessão para a próxima semana para que o procurador possa ouvir uma dúzia de testemunhas para contestar a libertação do suspeito.

Cinquenta e sete pessoas, incluindo três dezenas de jornalistas, foram abatidos no passado dia 23 de Novembro numa aldeia de Maguindanau por homens armados devido a rivalidades políticas.

Segundo próximos das vítimas e a polícia, o massacre visava impedir um rival de se apresentar a uma eleição para o cargo de governador, cargo que o actual detentor queria reservar para o seu filho de 40 anos.