Última hora

Última hora

Europa debaixo de neve

Em leitura:

Europa debaixo de neve

Tamanho do texto Aa Aa

O queda de neve e as baixas temperaturas continuam a fazer estragos por toda a Europa.

Na Alemanha, um autocarro escolar com 30 crianças ficou preso num caminho de ferro, depois de se despistar, no nordeste do país.

O condutor conseguir retirar todos os alunos a tempo, antes do comboio embater no veículo.

Na Polónia, o frio já provocou mais de 120 mortos desde o início do inverno. No fim de semana, o termómetro baixou aos 25 graus negativos. As autoridades tentam ajudar os mais vulneráveis, como os sem-abrigo.

Um homem que vive na rua diz ter “conservas e pão, mas o problema é mesmo o frio”.

A Grã-Bretanha enfrenta a pior vaga de frio dos últimos cinquenta anos.

A neve voltou a cair durante a noite, perturbando a circulação na terra e no ar, em particular no norte do país.

O aeroporto de Manchester esteve fechado e muitos voos foram cancelados em Leeds, Liverpool e Glasgow, na Escócia.

As baixas temperaturas congelaram as estradas e mesmo com carros de alta cilindrada, a circulação é impossível.

Mas em tempos de adversidade, há quem encontre soluções criativas e no mínimo diferentes, como uma jovem médica, que atravessa o centro de Manchester de esquis, de forma a chegar ao hospital.

Nos fiordes da Dinamarca, os quebra-gelos saem para o mar, pela primeira vez em catorze anos.
A neve chegou para ficar, no norte e centro do país escandinavo. Os termómetros vão estar muito abaixo do zero nos próximos dias.