Última hora

Última hora

Washington reabre embaixada em Sanna

Em leitura:

Washington reabre embaixada em Sanna

Tamanho do texto Aa Aa

A embaixada norte-americana no Iémen reabriu hoje após um encerramento de dois dias devido a ameaças terroristas.

A representação diplomática Britânica mantém por seu turno as portas fechadas assim como a França e a Alemanha que impuseram acesso muito restrito depois após a ameaça de atentados por parte parte da Al-Qaeda.

Wahington quer mais energia no combate ao terrorismo, um repto lançado pela secretária de Estado norte-america numa altura em que Washington se prepara para financiar uma unidade especial anti-terrorista e fornecer um maior apoio aos seguranças iemenitas.

Hillary Clinton considera que a guerra no Iémen ameaça a estabilidade regional e global, acrescentando, que a Al-Qaida está a usar o Iémen como uma base terrorista para ataques levados a cabo noutros locais.

Os receios de um ataque do ramo da Al-Qaeda na Península Arábica – que reivindicou o atentado bombista falhado num avião americano, no dia de Natal – levaram os Estados Unidos e o Reino Unido a fechar as embaixadas no Iémen.