Última hora

Em leitura:

Quinta-feira negra no Afeganistão


Afeganistão

Quinta-feira negra no Afeganistão

Três atentados ensombraram o leste do Afeganistão esta quinta-feira.

Num mercado da cidade de Gardez, um bombista suicida fez-se explodir junto a vários agentes de segurança, contratados pelas tropas da NATO. Pelo menos nove pessoas morreram e 28 ficaram feridas.

Um segundo atentado feriu sete pessoas, na província vizinha de Khost. Entre os feridos está o governador da região. Um artefacto explodiu no interior de um edifício oficial.

Khost foi ainda palco de um terceiro ataque. Um carro-bomba explodiu junto a uma caserna de tropas ocidentais e de polícias afegãos, mas não fez vítimas.

Foi também nesta província que um agente duplo conseguiu iludir a CIA e detonar um cinto de explosivos dentro de uma base da agência, matando sete funcionários. O autor do atentado era membro da Al-Qaeda e fora recrutado pela CIA para ser usado como agente infiltrado na rede terrorista.

Khost faz fronteira com zonas tribais paquistanesas e é considerada como um dos principais bastiões dos talibãs.

A 27 de Janeiro, os líderes da Aliança Atlântica reúnem-se em Londres para falar sobre um eventual reforço de tropas e definir um calendário de retirada dos soldados do Afeganistão.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Eurostar retoma funcionamento após novo incidente