Última hora

Última hora

Barack Obama apresenta reforma dos serviços secretos

Em leitura:

Barack Obama apresenta reforma dos serviços secretos

Tamanho do texto Aa Aa

Farouk Abdulmutallab, o jovem acusado pelo atentado falhado no dia de Natal, começa a ser ouvido hoje por um tribunal americano.
 
O nigeriano terá tentado fazer explodir um avião da companhia norte-americana Northwest que fazia a ligação entre Amesterdão e Detroit. Uma acção suicida que não chegou a ser cumprida graças à intervenção de alguns passageiros que ajudaram os membros da tripulação a dominar o atacante.
 
Um relatório divulgado ontem pelo Departamento de Estado norte-americano revela que uma série de erros humanos impediram a prevenção do incidente.
 
Barack Obama quer que os erros não se repitam.
 
“Temos que fazer melhor para manter as pessoas perigosas fora dos aviões, mas ao mesmo tempo facilitar as viagens aéreas. Por isso ao todo, estas reformas vão melhorar a capacidade dos serviços secretos para recolher, partilhar , analisar e integrar dados rapida e efectivamente. Em resumo, eles ajudarão a nossa comunidade de informação a fazer o seu trabalho ianda melhor e a proteger os americanos”.
 
Segundo um responsável do Governo imenita o protagonista da tentativa falhada ter-se-à encontrado entre Agosto e Dezembro no Iémen com Anwar al-Aulaqui, um imã radical, e ainda com um dos chefes da Al-qaeda.
 
O mês passado as tropas iemenitas lançaram operações contra alvos na província de Abyan que resultaram na morte de 30 alegados membros da organização.
 
As autoridades de Sana acolhem favoravelemnte  epedem ajuda logística aos países ocidentais no combate ao terrorismo no leste do Iémen. No entanto, dizem que uma intervenção militar de Washington teria como consequência o reforço da Al-Qaeda.