Última hora

Última hora

Roma investiga série de mortes no hospital de Foggia

Em leitura:

Roma investiga série de mortes no hospital de Foggia

Tamanho do texto Aa Aa

Polémica em Itália depois da morte de dois recém nascidos nas incubadoras do hospital de Foggia num espaço de sete dias.

Por queixa dos pais o ministério público abriu um inquérito para apurar o sucedido, mais de trinta pessoas entre médicos e pessoal de enfermagem e sanitário irão ser ouvidos.

“A criança quando nasceu apresentava uma boa saúde, foi o próprio médico que o confirmou depois aconteceu o pior e morreu”.

O caso chegou à comissão parlamentar de saúde que quer também apurar os factos e saber a verdade.

Enquanto não são revelados os resultados da autópsia o corpo médico avançou que as crianças sofreram de problemas diferentes e que não haverá uma correlação entre os dois casos

“Suponho que falta uma relação entre os dois acontecimentos, excepto a relação temporal, uma coincidência no tempo”.

A possibilidade de os dois bébés terem morrido de infecção bacteriana contraída no meio hospitalar não está posta de lado.

O hospital por seu turno abriu igualmente uma investigação interna. Os partidos da oposição exigem já a criação de uma comissão independente para tirar a limpo toda a verdade.