Última hora

Última hora

Alemanha assinala morte de líderes comunistas

Em leitura:

Alemanha assinala morte de líderes comunistas

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de três mil pessoas estiveram este domingo no cemitério berlinense de Friedrichsfelde para render a tradicional homenagem aos líderes comunistas Karl Liebknecht e Rosa Luxemburg, assassinados há noventa e um anos durante a sublevação separatista.

Sobre os túmulos foram depositadas flores. Para muitos, este acontecimento é considerado uma reunião dos antigos trabalhadores da Alemanha Ocidental.

Este domingo, entre os participantes, estiveram o presidente do Die Linke, Lothar Bisky, e o chefe do seu grupo parlamentar, Gregor Gysi.

Rosa Luxemburgo nasceu na Polónia, foi uma das fundadoras do Partido Comunista alemão e uma destacada líder do movimento de trabalhadores na Polónia e na Alemanha.

Foi detida, torturada e assassinada juntamente com o também líder comunista Karl Liebknecht em Janeiro de 1919 por uma milícia nacionalista de direita.