Última hora

Última hora

Alemanha assinala morte de líderes comunistas

Em leitura:

Alemanha assinala morte de líderes comunistas

Alemanha assinala morte de líderes comunistas
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de três mil pessoas estiveram este domingo no cemitério berlinense de Friedrichsfelde para render a tradicional homenagem aos líderes comunistas Karl Liebknecht e Rosa Luxemburg, assassinados há noventa e um anos durante a sublevação separatista.

Sobre os túmulos foram depositadas flores. Para muitos, este acontecimento é considerado uma reunião dos antigos trabalhadores da Alemanha Ocidental.

Este domingo, entre os participantes, estiveram o presidente do Die Linke, Lothar Bisky, e o chefe do seu grupo parlamentar, Gregor Gysi.

Rosa Luxemburgo nasceu na Polónia, foi uma das fundadoras do Partido Comunista alemão e uma destacada líder do movimento de trabalhadores na Polónia e na Alemanha.

Foi detida, torturada e assassinada juntamente com o também líder comunista Karl Liebknecht em Janeiro de 1919 por uma milícia nacionalista de direita.