Última hora

Última hora

Jornalista britânico morto em atentado no Afeganistão

Em leitura:

Jornalista britânico morto em atentado no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Um jornalista britânico morreu este domingo no Afeganistão. Rupert Hamer, correspondente do semanário Sunday Mirror acompanhava uma patrulha de marines norte-americanos quando o veículo em que seguia foi atingido por uma bomba artesanal.

Segundo Londres este foi o primeiro jornalista britânico a morrer em solo afegão. A deflagração matou um militar americano e feriu gravemente o fotógrafo do mesmo jornal.

O ataque ocorreu na província afegã de Helmand apenas duas semanas depois de uma outra jornalista ocidental ter sido morta no país.

A canadiana Michelle Lang, de 34 anos, foi morta por um engenho explosivo de mesmo tipo a 30 de Dezembro quando viajava num veículo blindado da NATO. O ataque teve lugar ao sul de Kandahar e também vitimou quatro soldados canadianos.

O ano de 2009 foi de longe o mais mortífero para as forças ocidentais no Afeganistão. Os estados Unidos e a Grã-Bretanha perderam mais do dobro das tropas do que no ano anterior.