Última hora

Última hora

Martinica e Guiana Francesa rejeitam maior autonomia

Em leitura:

Martinica e Guiana Francesa rejeitam maior autonomia

Tamanho do texto Aa Aa

Os eleitores de Martinica e da Guiana Francesa rejeitaram uma autonomia alargada no referendo deste domingo, organizado pelo governo francês.

Na ilha de Martinica, 78,9% do eleitorado disse não e a participação ficou-se nos 55%. Na Guiana Francesa, 69,8% também votou não e mais de metade da população não foi às urnas.

380 mil eleitores eram chamados a votar sobre o artigo 74 da Constituição, que transformaria os territórios em colectividades com maior autonomia.

A Guiana Francesa e a Martinica estão a cerca de 7000 quilómetros de Paris, mas são administradas pelo governo francês. Os salários são bastante inferiores aos da metrópole e o custo de vida é mais elevado,o que levou, há quase um ano, a uma greve geral de 44 dias. O referendo foi a concretização de uma promessa de Nicolas Sarkozy, em Junho, na sequência da crise social.