Última hora

Última hora

Iraque: Campbell ouvido pela comissão de inquérito

Em leitura:

Iraque: Campbell ouvido pela comissão de inquérito

Tamanho do texto Aa Aa

Alguma confusão à chegada de Alastair Campbell à comissão de inquérito sobre o envolvimento do Reino Unido na guerra do Iraque.

O antigo director de comunicação de Tony Blair é primeiro o nome de peso pesado a ser ouvido.
O conselheiro do ex-primeiro ministro britânico demitiu-se em 2003 depois de ter sido acusado de ter manipulado um dossier sobre a ameaça iraquiana.

Campbell afirma acreditar e privilegiar o caminho da diplomacia, mas defende que quando se negoceia com pessoas como Saddam Hussein deve haver a possibilidade de agir de outra forma.

O testemunho mais aguardado é o de Tony Blair. Em 2003, o então chefe de Governo enviou 45.000 soldados britânicos para o Iraque. Uma decisão tomada sem qualquer resolução da ONU.

Reino Unido e Estados Unidos diziam que o Iraque possuía armas de destruição maciça. Um argumento usado para justificar a guerra. Mas as provas sobre a alegada ameaça nunca foram encontradas.