Última hora

Última hora

Google em rota de colisão com o regime chinês

Em leitura:

Google em rota de colisão com o regime chinês

Tamanho do texto Aa Aa

As ameças da Google sobre o regime chinês desencadearam uma onda de simpatia junto de muitos chineses e as flores choveram diante dos escritórios da empresa em Pequim.

O gigante da Internet está em rota de colisão com o governo e anunciou que poderá ser forçado a retirar-se do país face à contínua censura das autoridades chinesas.

Antes de tomar a decisão de abandonar o país e fechar o portal local, a Google espera poder entrar em negociações com as autoridades e estabilizar as condições de actuação mantendo o motor de pesquisa em conformidade com a lei da República Popular.

A Goolge instalou-se na China em 2006, tendo adoptado algumas limitações impostas pelas autoridades locais aos resultados de pesquisa.

Com mais de 350 milhões de utilizadores de Internet e mais de mil milhões de dólares de receitas anuais provenientes dos motores de busca, a China é um mercado apetecível.