Última hora

Última hora

Israel pede desculpas à Turquia por humilhação sofrida pelo embaixador

Em leitura:

Israel pede desculpas à Turquia por humilhação sofrida pelo embaixador

Tamanho do texto Aa Aa

Israel enviou um pedido de desculpas formal à Turquia pela humilhação sofrida pelo embaixador turco.

Oguz Celikkol foi convocado, na segunda-feira, pelo vice-ministro dos Negócios Estrangeiros israelita. Danny Ayalon obrigou o diplomata turco a esperar no corredor, recusou dar-lhe um aperto de mão e reservou-lhe uma cadeira mais baixa. Além disso, não colocou a bandeira turca na mesa de reunião. Tudo se passou em frente às câmaras televisivas.

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, já declarou que aceita o pedido de desculpas de Israel. Ancara tinha ameaçado retirar o embaixador turco de Telavive se não houvesse desculpas formais.

É o ponto final num incidente diplomático que começou com um telefilme. Na série, um turco toma de assalto uma embaixada para salvar uma criança também turca, raptada pelos serviços israelitas. O indivíduo mata um agente da Mossad e afirma que “não são só os israelitas que têm o direito de cometer crimes de guerra”.