Última hora

Última hora

Nações americanas oferecem ajuda rápida ao Haiti

Em leitura:

Nações americanas oferecem ajuda rápida ao Haiti

Tamanho do texto Aa Aa

Apesar de ainda não se conhecer a verdadeira magnitude da tragédia, o sismo no Haiti despertou rapidamente a resposta solidária das nações americanas.

A Cruz Vermelha dos Estados Unidos prometeu uma ajuda inicial de 200 mil dólares, a mesma quantia oferecida pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento.

A secretária de Estado norte-americana sublinhou que “o Haiti terá a completa assistência” de Washington, “tanto civil, como militar e humanitária”. Hillary Clinton transmitiu ainda o pesar “aos que sofreram [com a tragédia] e aos seus familiares”.

A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional mobilizou de imediato uma equipa de resgate composta por 72 pessoas e 48 toneladas de equipamento de socorro.

A Nicarágua anunciou o envio de uma brigada, enquanto o chefe da diplomacia da Venezuela prometeu de imediato um avião militar com bens de primeira necessidade e uma equipa de assistência humanitária composta por 50 pessoas “especializadas em operações de resgate”.

Os sismólogos locais acreditam que o terremoto junto à capital foi um dos mais fortes desde que há registo.