Última hora

Última hora

Portugueses no Haiti incontactáveis

Em leitura:

Portugueses no Haiti incontactáveis

Tamanho do texto Aa Aa

A violência do sismo provocou milhares de desalojados.

O primeiro abalo foi sentido por voltas das cinco da manhã – hora local – 10 da noite, em Lisboa.

Até ao momento não foi possível contactar, os 12 portugueses que vivem no Haiti.

As comunicações na região foram seriamente afectadas e não se sabe para já quando poderão ser retomadas

O epicentro do sismo ocorreu a dez quilómetros de profundidade.

Os furações e cheias têm devastado o Haiti nos últimos anos. O mais forte sismo de que há memória com uma magnitude 6.7 data de 1984.

“É evidente que as Caraíbas são palco de grandes sismos, que não acontecem muitas vezes. Mas estes tremores de terra são, por norma, menos mediáticos que os da Califórnia. Penso que nos últimos anos se registou, um com uma magnitude superior a 6.0 na escala de Richter, por exemplo, a norte de Porto Rico” refere uma especialista.

O abalo destruiu o palácio presidencial e deixou neste estado a capital do país