Última hora

Última hora

Turquia quer desculpas formais de Israel

Em leitura:

Turquia quer desculpas formais de Israel

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia lançou um ultimato a Israel: se Telavive não formular um pedido de desculpas formal até esta noite, Ancara retira o embaixador do país.

Oguz Celikkol foi humilhado, na segunda-feira, pelo vice-ministro dos Negócios Estrangeiros israelita. Danny Ayalon obrigou o diplomata turco a esperar no corredor, em frente às câmaras de televisão, e recusou-se a apertar-lhe a mão, em sinal de protesto contra uma série televisiva considerada anti-semita por Israel.

O presidente turco, Abdullah Gül, não se satisfez com a resposta desta manhã do primeiro-ministro israelita. Benjamin Netanyahu compreende o descontentamento contra o filme, mas disse que o protesto devia ter sido feito de uma “forma diplomática mais aceitável.” O ministro em causa respondeu que, no futuro, o faria.

Foi o último episódio do telefilme que reacendeu a tensão entre os dois países. Um turco toma de assalto uma embaixada para salvar uma criança também turca, raptada pelos serviços israelitas. O indivíduo mata um agente da Mossad e afirma que “não são só os israelitas que têm o direito de cometer crimes de guerra”.