Última hora

Última hora

Só uma segunda volta pode ditar a vitória na Ucrânia

Em leitura:

Só uma segunda volta pode ditar a vitória na Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Os ucranianianos vão às urnas este domingo.
Dos 18 candidatos são Viktor Ianukovitch e Iúlia Timochenko que parecem ter mais possibilidades se 20% do eleitorado não se decidir.
O actual presidente, Viktor Iuschenko surge fragilizado nas sondagens e tudo indica que haverá uma segunda volta.

A tensão é por isso muita no país depois de uma campanha eleitoral recheada de escândalos e acusações entre os dois rivais da revolução laranja”

Todas as sondagens dão Viktor Ianukovitch vitoriosos na primeira volta. A segunda está prevista para 7 de Fevereiro e deverá ser disputada contra a primeira-ministra Iúlia Timochenko.

Os dois candidatos defendem a aproximação à União Europeia embora Yanukoich seja visto como o homem de Moscovo.

O analista Olexander Dergachev explica: “A população tem um forte desejo de mudança e de uma terceira força apesar de na realidade esta força já existir, há candidatos novos interessantes mas que por milagre não influenciam os resultados finais”.
No entanto, hoje último dia de campanha as sondagens desenham uma terceira força creditada com 30% das intençoes de voto.

O antigo-ministro e homem de negócios, Sergui Tiguipko poderá dispersar o eleitorado.