Última hora

Última hora

Desespero faz aumentar violência e pilhagens no Haiti

Em leitura:

Desespero faz aumentar violência e pilhagens no Haiti

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto a assistência internacional não chega em quantidade suficiente, a tensão e a revolta crescem nas ruas do Haiti.

A falta de comida e água está a semear o desespero entre os sobreviventes do abalo sísmico e aumenta os episódios de pilhagens e de violência.

“Quem é que está aqui para nos ajudar? Nós não podemos fazer nada”, afirmava um residente.

Por entre os escombros de Port-au-Prince muitas pessoas lutam pelos poucos alimentos distribuídos pelas equipas de assistência das Nações Unidas.

O Governo haitiano não tem meios para combater a grave crise humanitária que atinge o país. O tremor de terra destruiu o palácio presidencial e deixou a cidade sem energia eléctrica.

À população resta esperar que seja finalmente montado um dispositivo eficaz que assegure o escoamento dos víveres e medicamentos que se acumulam no aeroporto.

Se as previsões se revelarem acertadas o sismo que destruiu grande parte da capital está entre os 10 piores de sempre.