Última hora

Última hora

Segunda volta vai decidir presidenciais na Ucrânia

Em leitura:

Segunda volta vai decidir presidenciais na Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

O futuro da revolução laranja foi adiado para a segunda volta das presidenciais ucranianas, no dia 7 de Fevereiro.

O candidato do partido das regiões Viktor Ianukovitch venceu hoje a primeira volta do sufrágio com um resultado entre 32 e 35% de votos, mas sem a maioria absoluta.

Uma meia desforra para o homem cuja vitória fraudulenta em 2004 tinha precipitado o fim do regime comunista.

Segundo os resultados provisórios o campo pró-russo deverá vencer com uma diferença inferior a 10% de votos, deixando em aberto a possibilidade da vitória na segunda volta da ex-revolucionária Ioulia Timoshenko.

A primeira-ministra, que poderá obter entre 25 e 27% de votos, afirmou-se confiante na vitória, mas sem avançar para já possíveis alianças com os candidatos derrotados, entre os quais Serguei Tigipko que ficou em terceiro lugar com 13% dos votos.

Os resultados finais deverão ser anunciados só ao início da manhã de segunda-feira.

Longe das divisões da revolução laranja, ambos os candidatos defendem um equilíbrio entre a aproximação à União Europeia e à Rússia, em nome da recuperação económica do país.