Última hora

Última hora

Turco que tentou matar João Paulo II foi libertado

Em leitura:

Turco que tentou matar João Paulo II foi libertado

Tamanho do texto Aa Aa

Após quase 3 décadas atrás das grades, o homem que tentou assassinar o Papa João Paulo II foi libertado.

Sob fortes medidas de segurança, Mehmet Ali Agca saiu da prisão nos arredores de Ancara, a capital turca, e seguiu para testes médicos com vista ao eventual alistamento nas forças armadas. O turco de 52 anos ainda não cumpriu serviço militar obrigatório.

Foi em 1981 quando tentou tirar a vida ao Sumo Pontífice com uma arma de fogo. O papa ficou ferido no abdómen. O motivo nunca ficou claro. Pensou-se que Ali Agca estava a soldo da União Soviética e da Bulgária comunista mas nada foi provado.

Dois anos depois da tentativa de assassinato, o papa visitou-o na prisão. O teor da conversa entre os dois permaneceu privado.

Em Junho de 2000, após cumprir 19 anos de prisão em Itália, foi amnistiado e depois extraditado para a Turquia para responder por outros crimes, incluindo o assassinato de um jornalista.

Ali Mehmet Agca prometeu fazer importantes revelações sobre a tentativa de assassinato do Papa nas próximas semanas.