Última hora

Última hora

Japan Airlines abre falência

Em leitura:

Japan Airlines abre falência

Tamanho do texto Aa Aa

A Japan Airlines, maior companhia aérea da Ásia, declarou falência.

O governo do Japão vai, no entanto, apresentar um plano de reestruturação para permitir que a JAL, como também é conhecida, continue a operar. O plano prevê o corte de 15.000 postos de trabalho, quase um terço do quadro.

O governo, no poder há apenas quatro meses, promete tudo para salvar a companhia, como explica o ministro dos Transportes: “A Japan Airlines tem uma posição importante na infraestrutura de linhas aéreas, que faz parte dos próprios alicerces do desenvolvimento do país. Por isso, o governo quer dar à empresa a assistência necessária até ela estar de pé outra vez”.

Se a reestruturação não for bem sucedida, a JAL pode desaparecer. Em cima da mesa está também uma possível aliança com as norte-americanas Delta ou American Airlines.

A Japan Airlines tem uma dívida estimada em cerca 11 mil milhões de euros. Nos últimos dez anos, a companhia foi salva quatro vezes pelo governo.

Fundada em 1951, a Japan Airlines transportou no ano passado 45 milhões de passageiros