Última hora

Última hora

Depp e Kusturica juntos de novo

Em leitura:

Depp e Kusturica juntos de novo

Tamanho do texto Aa Aa

Johnny Depp foi o convidado de honra do Festival de Música e de Cinema de Kustendorf, na Sérvia.

Um festival organizado anualmente, em Janeiro, pelo mais famoso natural desta aldeia, Emir Kusturica.

Este ano, houve uma retrospectiva dos seus filmes e um um conjunto de colóquios com estudantes de cinema e jovens cineastas, vindos de todo o mundo.

Johnny Depp respondeu a algumas perguntas e explicou a sua amizade com Kusturica:

“Quando conheci o Emir, quando começámos a trabalhar juntos, a colaborar juntos, a investigar possibilidades de cenas, havia uma similaridade, uma conexão. É um grande artista, um grande amigo, é como um irmão. Por outras palavras, para mim é também um um grande mentor. Ele é grande, tem muito conhecimento, mesmo para além do cinema. Tem um conhecimento profundo da vida. É uma grande individualidade”

Encontraram-se, pela primeira vez, em 1993, nos Estados Unidos, para fazerem o único filme de Kusturica, de produção americana. O “Arizona Dream”.

O próximo encontro já está marcado. Será no princípio de 2011, para rodarem, em Espanha e na Sérvia, um filme sobre a vida do lendário mexicano, Pancho Villa:

“Estou entusiasmado por fazer qualquer coisa com o Emir, mas certamente também pela oportunidade de desempenhar ma figura histórica. Um lindo revolucionário. Estou honrado porque o Emir me escolheu”.

Johnny Depp continua a alternar os papeis nas grandes produções da indústria cinematográfica, com os filmes de autor, como Jarmush, Burton, Polansky ou ainda Terry Gilliam. Um actor multiforme, que preza algum distanciamento em relação a Hollywood:

“As vantagens de viver em França são: em primeiro lugar, manter uma perspectiva saudável de Los Angeles, que me permite olhar para Los Angelas e ver a cidade com uma luz diferente. Antes, quando vivi naquele caldo, durante muitos anos, eu não tinha a noção exacta do jogo, do animal que é Hollywood”.

Com Vanessa Paradis, ele forma uma dupla que cativa as atenções gerais. Foi também eleito recentemente o homem mais sexy do planeta.

Vai fazer proximamente mais uma versão de “Alice no País das Maravilhas”. Recentemente, completou a quarta série dos “Piratas das Caraíbas”.

Está cada vez mais disponível para os admiradores. O quer dizer que acabou o mito da super-estrela, inacessível.