Última hora

Última hora

Derrota inesperada para os democratas dos EUA

Em leitura:

Derrota inesperada para os democratas dos EUA

Tamanho do texto Aa Aa

O republicano Scott Brown foi eleito senador pelo estado do Massachussets. Um lugar deixado vago pela morte do democrata Ted Kennedy.

No discurso de vitória, Brown declarou que “os eleitores não querem a reforma da saúde de milhares de milhões de dólares que está a ser imposta ao povo norte-americano”.

O senador eleito considerou que “a lei não está a ser debatida de forma aberta e justa, vai levar ao aumento dos impostos, destruir o sistema de saúde, eliminar empregos e aumentar a dívida da nação”.

Com a vitória republicana, os democratas perdem a maioria qualificada de sessenta assentos no senado, o que pode comprometer seriamente a reforma da saúde do presidente norte-americano.

Um balde de água fria para Barack Obama que comemora hoje um ano na Casa Branca.

Os democratas responsabilizam a candidata Marta Coakley por ter feito uma má campanha e por ter perdido a eleição num estado em que o partido venceu as presidenciais por larga maioria.

A reforma de saúde já aprovada pelo senado, mas o texto tem de ser ratificado pela câmara dos representantes, que pode decidir enviá-lo de novo para o senado. Se tal acontecer, os republicanos podem atrasar ou mesmo bloquear a lei.