Última hora

Última hora

Sindicatos e trabalhadores temem fecho da fábrica da Opel em Antuérpia

Em leitura:

Sindicatos e trabalhadores temem fecho da fábrica da Opel em Antuérpia

Tamanho do texto Aa Aa

A fábrica belga da Opel em Antuérpia realiza esta manhã um conselho de administração extraordinário.

Sindicatos e trabalhadores temem o anúncio do encerramento desta fábrica da filial europeia da General Motors, depois do indício dado pelo patrão da GM, Nick Reilly, nesse sentido.

Pessimista, uma trabalhadora da fábrica belga diz que se anunciarem o fecho, os seus colegas “podem dizer que não querem, mas será que vão ser ouvidos? É tudo uma questão de dinheiro”.

A fábrica da Opel em Antuérpia sofreu já uma dura reestruturação nos últimos anos, ao passar de 4760 postos de trabalho em 2006 para os 2700 actuais.

Ontem, os sindicatos bloquearam em protesto o parque de estacionamento da fábrica para impedir a saída de viaturas novas.