Última hora

Última hora

Bolsas europeias abrem em terreno negativo após anúncio de Obama

Em leitura:

Bolsas europeias abrem em terreno negativo após anúncio de Obama

Tamanho do texto Aa Aa

As principais praças europeias abriram, esta sexta-feira, em terreno ligeiramente negativo. Londres, Paris e Frankfurt reagiram, assim, às declarações de Barack Obama sobre as medidas para reduzir os riscos no sector bancário.
 
As bolsas asiáticas também fecharam em forte queda. Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 2,56%. Seúl caiu 2,19%.
 
A proposta da Casa Branca consiste em limitar os riscos que a banca assumiu no passado, e que estiveram na origem da crise financeira. Dois dias após ter perdido a maioria qualificada no Senado, o presidente escolheu a alta finança como alvo prioritário. “Se essa gente se quer bater, estou pronto para o combate. A minha determinação será reforçada cada vez que um banco reavivar velhas prácticas”, defendeu o inquilino da Casa Branca.
 
Barack Obama quer proibir os bancos de investirem ou apoiarem fundos especulativos, fundos privados ou operações de “trading” em proveito próprio fora dos serviços que prestam aos clientes.
 
O plano deve ainda passar pelo Congresso. Na semana passada, o presidente anunciou uma nova taxa sobre as instituições financeiras.