Última hora

Última hora

Dois mil fotógrafos protestam contra lei antiterrorismo em Londres

Em leitura:

Dois mil fotógrafos protestam contra lei antiterrorismo em Londres

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de dois mil fotógrafos protestaram, em Londres, contra a proibição de tirar fotografias na rua.

Profissionais e amadores exibiram as suas máquinas em Trafalgar Square e dispararam flashes para mostrar que fotógrafo não é sinónimo de terrorista.

Uma mensagem estampada nos cartazes e nas queixas de cada um.

“É muito chato, mas não são apenas os fotógrafos da imprensa que sofrem esta intimidação. Um amigo, que é magistrado, estava a caminhar na rua há dois dias e foi interpelado em nome da lei.”

Em causa, o artigo 44 da lei antiterrorismo que permite à polícia revistar as pessoas que tirem fotografias em áreas consideradas como potenciais alvos de extremistas. O governo defende que é uma forma de afastar os terroristas. O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem pronunciou-se contra a medida, na semana passada.
Estima-se que entre Abril e Junho do ano passado, 36 mil pessoas tenham sido interpeladas.