Última hora

Última hora

Afeganistão: Eleições legislativas adiadas para Setembro

Em leitura:

Afeganistão: Eleições legislativas adiadas para Setembro

Tamanho do texto Aa Aa

As eleições legislativas no Afeganistão foram adiadas para 18 de Setembro. O escrutínio estava previsto para 22 de Maio, mas a Comissão Eleitoral anunciou, este domingo, a nova data devido a problemas de financiamento, de segurança e para melhorar o processo eleitoral no país.

Uma decisão que agrada aos países ocidentais, que reclamavam tempo para estabilizar o território antes de voto, de forma a evitar a repetição das fraudes que mancharam as presidenciais de Agosto.

Fica a dúvida se o adiamento foi feito para responder aos apelos das Nações Unidas, que se recusavam a ceder as dezenas de milhões de dólares necessárias para organizar as eleições enquanto o Afeganistão não avançasse com as reformas prometidas.

A decisão desmancha um eventual ponto de desacordo entre o chefe de Estado, Hamid Karzai, e os países ocidentais, quatro dias antes da conferência internacional sobre o Afeganistão em Londres.

O escrutínio fica, assim, marcado para o final de uma época de verão aguerrida, permitindo às forças da NATO preparar a segurança no sul, onde os talibãs impediram os eleitores de ir às urnas no ano passado.