Última hora

Em leitura:

Onze dias sob os escombros


mundo

Onze dias sob os escombros

Onze dias depois, um jovem de 24 anos é ainda resgatado com vida das ruínas de um hotel. A esperança continua viva no Haiti.

A fase de buscas tinha terminado oficialmente na sexta-feira, mas no sábado um grupo de socorristas franceses americanos e gregos conseguiu extrair o jovem, que sobreviveu bebendo coca-cola e petiscando todos os dias alguma coisa.

O jovem encontrava-se numa loja na altura do terramoto e ficou dentro de uma espécie de caverna, formada no momento em que o edifício do hotel desabou. Conta que com ele estavam mais cinco pessoas, mas equipas de socorro dizem que não encontraram mais sinais de vida.

Até agora foram retiradas dos escombros 132 pessoas e é pouco provável que haja ainda sobreviventes:

“Chega a um momento em que temos que parar porque é preciso reconstruir. Não podemos prolongar indefinidamente a fase de buscas. Este é talvez o epílogo de 11 dias de buscas e é extraordinário”, afirma o embaixador de França no Haiti.

Em Port-au-Prince, onde é possível, os haitianos vão tentando retomar a vida normal. O comércio começa a funcionar pouco-a-pouco; às portas dos serviços de transferência de fundos do estrangeiros surgem filas de espera; os bancos começam a abrir as portas.

Do lado humanitário, a distribuição de comida água e medicamentos aos sobreviventes faz-se agora com mais regularidade.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Dois mil fotógrafos protestam contra lei antiterrorismo em Londres