Última hora

Última hora

Alegados membros da ETA presos no País Basco

Em leitura:

Alegados membros da ETA presos no País Basco

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades espanholas prenderam esta madrugada cinco alegados membros da ETA.

Esta manhã a polícia realizou rusgas em domicílios e outros locais relacionados com os detidos.

A operação foi conduzida pela divisão antiterrorista, criada pelo novo Governo basco. As detenções ocorreram nas províncias de Biscaia e Guipuzcoa.

A polícia suspeita que os cinco detidos façam parte de um grupo da ETA que terá participado no atentado contra o quartel da polícia basca em Ondarroa e a filial da Caja Vital em Vitoria.

Nesta acção os terroristas colocaram um carro armadilhado frente ao quartel de Ondarroa. Antes de o fazerem explodir terão activado um engenho incendiário para obrigar os agentes a saírem da esquadra. Não houve mortos mas muitos foram atingidos pela explosão.

Entre os cinco detidos conta-se Ibai Iparaguirre Burgoa, suspeito de envolvimento no assassinato de um membro do Exército espanhol, em Setembro de 2008.

Luis Conde de la Cruz, morreu na explosão de um carro-bomba na localidade de Santoña, na região da Cantábria.