Última hora

Última hora

Governo libanês decreta luto nacional pelas vítimas de desastre aéreo

Em leitura:

Governo libanês decreta luto nacional pelas vítimas de desastre aéreo

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto continuam a ser recolhidos corpos no mediterrâneo, as esperanças de encontrar sobreviventes da queda do avião etíope são praticamente nulas.

Até ao momento, as autoridades libanesas resgataram das águas 24 cadáveres incluindo duas crianças.

Das 90 pessoas que o Boeing 737-800 transportava, 54 eram libaneses, 22 etíopes e viajavam também no aparelho dois britânicos e sete tripulantes.

As buscas prosseguem com um esforço conjunto das equipas que incluem pessoal da ONU, da polícia cipriota bem como de militares britânicos apoiados por meios aéreos da marinha norte-americana.

O avião que caiu cinco minutos depois de descolar do aeroporto de Beirute levava a bordo pouco mais de metade da sua capacidade. A última inspecção realizada em Dezembro não revelou problemas técnicos.

Enquanto as famílias choram os entes queridos desaparecidos no desastre, o Governo libanês decretou um dia de luto nacional pelas vítimas.

Alguns familiares revoltaram-se pelo facto de o voo ET409 com destino a Adis-Abeba ter sido autorizado a descolar apesar do mau tempo que se fazia sentir.