Última hora

Última hora

Cracóvia relembra Holocausto

Em leitura:

Cracóvia relembra Holocausto

Tamanho do texto Aa Aa

Será sempre com amargura que aqueles que viveram o holocausto relembram esses dias.
 
Esta manhã alguns dos que sobreviveram a Auschwitz reencontraram-se em Cracóvia, na Polónia, numa iniciativa do Congresso Europeu Judaico.
 
Mas é de dor que se fala ainda hoje, 65 anos depois. Alberto Israel viveu o terror do Terceiro Reich. Para ele a dor só vai passar quando morrerem e nenhum dos que por ela passou pode dizer que viveu mas que sobreviveu. Acrescenta que as recordações daqueles que morreram são dolorosas. Ter sobrevivido não é fácil.
 
As marcas são eternas. 66% dos 220 mil sobreviventes que actualmente residem em Israel, sofrem de stress pós-traumático.
 
Contra a perda de memória sobre a História, e com esse fio condutor, decorreu em Cracóvia o 3º Fórum Internacional sobre o Holocausto. Iniciativa do Congresso Europeu judaico, para celebrar o Dia da Memória.
 
Outro dos eventos preparados para este dia foi uma exposição de fotografias da época. Retratos de alguns que sobreviveram e de outros que não estão cá para contar a história.