Última hora

Última hora

Apple lança o ipad

Em leitura:

Apple lança o ipad

Tamanho do texto Aa Aa

O patrão da Apple apresentou o que todos os fãs esperavam: o ipad.

Um gadget com ecrã táctil vocacionado para tarefas como a navegação na Web, leitura de livros digitais, jogos e vídeos.

Um equipamento que pretende ser uma mistura de PC com smartphone e que se encaixa na categoria de “computador de sofá”, mais vocacionado para o entretenimento que para o trabalho.

Steve Jobs enumerou as vantagens do ipad: pesa 600 gramas, tem até 16 gigas de capacidade e uma autonomia de 10 horas.

Mas para os peritos, a bateria pode ser o calcanhar de Aquiles do produto.

Jon Gibbs explica que se espera uma longa duração de bateria num equipamento destes e que espera apenas carregar o ipad uma vez por dia. “Mas se a autonomia for mais curta do que as dez horas anunciadas por Steve Jobs, o produto poderá ter problemas no mercado”, diz o analista.

O tablet PC de 16 gigas vai estar à venda em março com um preço de 499 dólares.

Steve Jobs anunciou ainda a nova aplicação de livros electrónicos ibooks e a loja online, ibookstore. Uma piscadela de olho aos utilizadores do Kindle, lançado pela Amazon.