Última hora

Última hora

Obama aposta no emprego como prioridade em 2010

Em leitura:

Obama aposta no emprego como prioridade em 2010

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama não volta atrás nas reformas prometidas para revitalizar a economia. E deixou-o bem claro no discurso sobre o estado da União, o primeiro desde que chegou à Casa Branca.
 
Numa altura em que a taxa de desemprego nos Estados Unidos chega aos 10 por cento, o chefe de Estado aposta na criação de mais postos de trabalho: “O emprego deve ser a prioridade em 2010 e é por isso que apelo a uma nova lei do emprego esta noite.”
 
Obama mandou recados aos bancos e reafirmou a vontade de impor limites às actividades de Wall Street. Para a classe média, insistiu na continuação de benefícios fiscais: “Vamos investir no nosso povo, sem lhe deixar um monte de dívidas. Vamos reconhecer as nossas responsabilidades perante os cidadãos que nos colocaram aqui, vamos tentar ter bom senso”
  
A reforma do sistema de saúde esteve no centro do discurso. Depois da perda da maioria qualificada dos democratas no senado, Obama apela aos republicanos para fazer passar a lei: “Isto é o que peço ao congresso. Não vir as costas à reforma. Não agora, não quando estamos tão perto. Tentemos encontrar uma forma de actuar juntos e acabar o trabalho para o povo americano”.
 
Obama diz ter cometido alguns erros, neste difícil primeiro ano de mandato. Mas afirma que não vai desistir de bandeiras eleitorais como a alteração climática e as energias renováveis.
 
Um discurso muito dirigido à classe média, mais tocada pela crise, que pode levantar de novo a popularidade do chefe de estado.