Última hora

Última hora

Marcha pelo desemprego em Bruxelas

Em leitura:

Marcha pelo desemprego em Bruxelas

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas saíram à rua, esta sexta-feira, em Bruxelas. Um sinal de protesto contra o aumento do desemprego no País. A marcha acontece num altura em que a General Motors anunciou o encerramento de mais um fábrica em em Anvers, que dispensou 2600 trabalhadores.
 
“O que eu espero é que a Comissão Europeia não venha dizer que não pode fazer nada. Eles deviam prestar atenção ao plano de Nick Reilly (o chefe da Opel Europa). Assim iam perceber que é inaceitável usar taxas de um dos estados-membros da União Europeia para fechar fábricas noutro estado-membro.”
 
Segundo o Gabinete de Emprego Belga em Dezembro do ano passado mais de 600 mil pessoas estavam sem trabalho. Os sindicatos estão agora preocupados com o futuro da InBev, o maior produtor mundial de cerveja, que pretende deslocalizar alguns serviços para a Polónia e República Checa.