Última hora

Última hora

Toyota e Honda anunciam operações de recolha

Em leitura:

Toyota e Honda anunciam operações de recolha

Tamanho do texto Aa Aa

A Toyota vai recolher 1,8 milhões de carros na Europa. É a maior operação deste tipo alguma vez lançada no continente.

A marca japonesa tinha já anunciado que iria fazer uma nova recolha de oito milhões de carros em todo o mundo, a segunda desde o Verão passado. A nova operação de recolha vai afectar também 2,3 milhões de carros no mercado norte-americano.

A construtora quer corrigir um problema com os aceleradores que causou já alguns acidentes. Este é mais um duro golpe para a número um mundial do sector automóvel: “É uma perda de confiança que pode causar um efeito negativo, que leva um longo tempo a passar”, explica o analista Helmut Becker.

É uma crise que passa por outras rivais japonesas. Depois da Toyota, foi a Honda lançar uma operação do género.

O grupo mandou recolher mais de 640.000 exemplares dos modelos Fit/Jazz e City, em várias regiões do globo, mas não no Japão.

A recolha destina-se a corrigir um defeito que pode causar incêndios nos automóveis, como o que recentemente aconteceu na África do Sul e matou uma criança de dois anos.