Última hora

Última hora

Pequim adverte Washington sobre venda de armas a Taiwan

Em leitura:

Pequim adverte Washington sobre venda de armas a Taiwan

Tamanho do texto Aa Aa

Indignação chinesa face ao anuncio de Washigton decidido a vender armas ao governo de Taiwan.
China advertiu os Estados Unidos que esta operação prejudicaria as relações entre os dois paises teria um “impacto negativo sério” na cooperação entre as duas potências.

O governo de Barack Obama notificou o Congresso dos Estados Unidos sobre sua primeira proposta de venda de armas a Taiwan, um pacote de 6,4 mil milhões de dólares.

Os legisladores norte-americanos têm agora 30 dias para comentar a proposta de venda, o que, a suceder sem objecções, levará a que a operação avance.

O pacote bélico não inclui os aviões F-16, que Taiwan espera conseguir dos Estados Unidos.

Esta decisão pode ameaçar os esforços de pacificação entre a China e a ilha rebelde de Taiwan. Depois de seis décadas de distanciamento, China e Taiwan iniciaram recentemente negociações com vista ao reatamento das relações comerciais.