Última hora

Em leitura:

Kadafi deixa liderança da UA


Nigéria

Kadafi deixa liderança da UA

Mhoamar Kadafi perde a presidência da União Africana. É o seu homólogo do Malawi Bingu wa Mutharika que assume agora o cargo por um ano.

Kadafi fora escolhido o ano passado sob um espesso véu de polémica entre os 53 líderes africanos.
De acordo com a regra da presidência rotativa, é a vez da África Austral, de que o Malawi é um representante, tomar o lugar da África do Norte.

Foi assim que este ano abriu a 14ª cimeira dos chefes de Estado e de Governos da União Africana na capital etiope, Addis Abeba, com o objectivo de colocar a África no caminho do desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação para superar o atraso e a pobreza das suas populações.

A UA que decidiu no início do mês prolongar novamente por seis meses o mandato da sua força de paz na Somália mantém o desejo de receber mais apoio da comunidade internacional.

O secretário Geral da ONU mostrou-se ontem reticente ao envio de capacete azuis para a Somália face ao insistente pedido dos líderes africanos para substituir a força da paz da UA que não consegue controlar a violência no país.

Há dois dias 15 pessoas foram mortas em Mogadíscio depois de um grupo de militantes islamitas atacarem bases de tropas do governo e de forças de manutenção de paz da União Africana.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

União para o Mediterrâneo